/ Papiloma no pênis: causas e métodos de tratamento

Papiloma no pênis: causas e métodos de tratamento

O papiloma no pênis é um problema para muitos homens.Mas, infelizmente, nem todos estão cientes dos possíveis riscos em tal doença - a maioria dos pacientes percebe a presença de tais lesões de pele apenas como um defeito estético. Então, por que existem papilomas e que métodos de tratamento a medicina moderna oferece?

papiloma no pênis

Papiloma no pênis: as razões para sua aparição

A causa da formação de tais crescimentos de peleé o papilomavírus humano. Tal infecção é muito comum entre a população moderna. Na maioria dos casos, a infecção ocorre durante a relação sexual com um parceiro-portador do vírus (e uma pessoa pode até não suspeitar da presença de sua doença). Além disso, não é excluído e o modo de transmissão doméstico, por exemplo, compartilhando roupa de cama, toalhas, etc.

Em qualquer caso, a infecção ainda não garanteo aparecimento de papiloma nos genitais ou em quaisquer outras partes do corpo. O fato é que o vírus é ativado apenas contra o pano de fundo de uma diminuição na defesa imunológica. Portanto, exacerbar a doença pode levar a: hipotermia, resfriados, doenças crônicas, desnutrição, estresse constante, enfim, qualquer coisa que possa enfraquecer o sistema imunológico.

papillomas na foto do pênis

Papilomas no pênis: sintomas

Na maioria dos casos, essas entidadesformado na pele da cabeça e do prepúcio. Os papilomas podem ser únicos ou aparecer de uma só vez em grupos. Além disso, eles têm tamanhos e formas diferentes.

No entanto, na maioria dos casos, a neoplasia cutânea apresenta ao usuário apenas um defeito cosmético - os papilomas raramente causam dor, ardor ou prurido.

Papiloma no pênis: qual é o perigo?

Como mencionado anteriormente, a aparência deFormações na pele estão associadas a alguns riscos para a saúde. Para começar, deve-se notar que os papilomas no pênis (fotos podem ser encontradas na literatura especial) são frequentemente passíveis de efeitos traumáticos, o que acontece, por exemplo, durante um ato íntimo, depilação e até mesmo lavagem. A ferida aberta é uma excelente porta de entrada para a infecção - muitas vezes, o dano ao papiloma leva a complicações na forma de uma infecção fúngica ou bacteriana.

Além disso, algumas variedades do vírussão considerados extremamente perigosos, pois aumentam o risco de degeneração maligna dos tecidos. O papiloma no pênis é um sintoma que não deve ser ignorado de forma alguma. Somente após exame e análise, um especialista pode determinar se as lesões na pele são benignas e se podem ser removidas.

papiloma no pênis

Papiloma no pênis: métodos de tratamento

Terapia, neste caso, persegue doisprincipais objetivos. Primeiro, é necessário remover papilomas benignos. Até o momento, a eliminação das neoplasias cutâneas é realizada com laserterapia ou coagulação por ondas de rádio - essas técnicas são realmente eficazes e podem se livrar do papiloma rapidamente e sem riscos para a saúde.

Por outro lado, o tratamento também é direcionado parafortalecimento do sistema imunológico. Afinal, hoje é impossível se livrar completamente do vírus. Somente mecanismos de proteção podem controlar a atividade e o número de partículas virais. Portanto, a ingestão de vitaminas e agentes imunomoduladores ajuda a prevenir o desenvolvimento de recaída no futuro.

</ p>>
Leia mais: